quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Será o fim

Para tudo tem jeito
Só não para a morte
Eu escuto isso desde criança
E ela continua sendo
uma das coisas que ninguém
Gosta de comentar
É o fim, sera, não sei
Tem várias explicações
Em todas as religiões
Mas ei-la que surge
Em cada familia
Sem que se espere
Ou as vezes anseia-se
Para que o sofrimento
Do ente amado acabe
Sempre deixa a gente
Cabisbaixa, triste e saudosa
Com se fosse um
Inimigo a espreita
Em cada esquina
Em todo o lugar
Então vamos curtir
Essa vida que temos
Vamos amar e sorrir
E continuar seguindo
E sempre sorrindo...

Ana/M

Nenhum comentário:

Postar um comentário